Archive for janeiro \21\UTC 2011

SUL DO CHILE
21/01/2011

O sul do Chile surpreende a cada momento pelas suas belezas naturais, arquitetonicas e pela amabilidade de sua gente. Nestes últimos dias estivemos no Vulcão Osorno. A estrada que conduz para lá é muito boa, mas um desafio para qualquer motorista.

Também estivemos na abertura da Festa da cerveja de Puerto Varas. Uma festa interessante com muito chopp e Kuchen (cucas), uma delícia. Tudo muito limpo, organizado e num clima de celebraçao fraterna. Neste evento encontramos uma serie de brasileiros vindos de toda parte deste país continente.

Estivemos também na região de Puerto Monnt. Esta cidade é a capital da Região de Los Lagos. É uma bela cidade. Muito limpa e moderna.  Na Outra foto abaixo a visita a Frutillar, uma cidadezimha que respeira e transpira arte. Nela visitamos, entre outras coisas, 0 magnífico Teatro del Lago.

Anúncios

Belezas do Chile
19/01/2011

Caros amigos, amigas.

Rua de Castro, Ilha de Chile.

Seguimos pelo sul do Chile. Temos visitados lugares muito bonitos, mas chove a todo momento. Chove, para, chove. A chuva, certamente,  é necessária para manter verdes os belos campos agricultáveis.

Hoje fizemos a travessia para a Ilha de Chiloé, famosa pela Igrejas históricas.

Enfim, Chile.
17/01/2011

Estrada sem fim, Argentina.

Depois de muita estrada na Argentina, chegamos enfim no Chile.
Estamos agora em Puerto Varas, cerca de 3.500 kms de casa.
Trata-se de uma bela região com arquitetura e gastronomia típicas alemãs.
Agradecemos a Deus pelo que pudemos ver e por toda a beleza dos Andes.
Claro que não è muito simples o trâmite nas aduanas, mas valeu a pena insistir e há muito mais para se ver ao sul daqui.
Seguiremos pra uma ilha onde pretendemos visitar as Igrejas de Siloé, que fazem parte do Patrimônio Cultural arquitetônico da humanidade.
O tempo promete chuva, mas isto não haverá de nos assustar. O Povo de Puerto Varas è muito simpático e extremamente educado.
Abaixo, jà no Chile.

A viagem segue…
16/01/2011

Continuando com algumas impressões da viagem de férias pela Argentina:

No terceiro dia de viagem pela ‘plana’ Argentina, nos deparamos com a seca, visível nas plantações na beira da estrada – tendo, muitas delas, já se perdido. Neste mesmo dia atravessamos o deserto de La Pampa. Na cidade de Santa Isabel, em meio ao deserto – faltando cerca de 400 quilômetros para chegarmos a Neuquén – nosso destino – fomos surpreendidos com a notícia de que não havia “nafta”, ou seja, gasolina. Mediante nosso apelo, pudemos abastecer, excepcionalmente, 100 pesos (cerca de 45 reais). Com isso pudemos chegar a Neuquén, cidade onde passamos a noite. Neuquén é uma bela cidade de aproximadamente 500 mil habitantes, em meio a estepe.

Hoje, pela manhã, nos deslocamos para a bela Bariloche, onde encontramos a Betina, que já nos aguardava. O caminho ladeia um grande lago de uma represa hidrelétrica e a natureza é lindíssima. Quando chegamos encontramos muito frio e soubemos que hoje nevou nas partes mais altas da cidade, como no Cerro Catedral. Também aqui entramos na fila para conseguir abastecer o carro. A cidade está repleta de turistas de todas as partes do mundo.

Até o momento já fizemos mais de 3000 quilômetros. Continuamos mandando notícias e assim que pudermos – estamos tendo algumas dificuldades – postaremos as fotos.

abraço

P. Rosemar

Viagem de férias
14/01/2011

Nesta última quinzena do mês de janeiro estamos de férias. As férias são um tempo de renovar-se e também de viajar. Por estes dias estamos viajando pela Argentina. Depois de um “baile” na aduana (imigração) na fronteira, onde ficamos por quase duas horas, enfim chegamos a terra “de los hermanos”. Na viagem até Santa Fé pudemos notar que as estradas não estão em bom estado, mas, há algumas obras em andamento. Depois de nossa passagem pelo rio Paraná pudemos notar que o interior está sendo afligido por uma estiagem. Rios e lagos estão secos e as plantações comprometidas.

Uma das coisas que tem nos chamado muita atenção é a simpatia e acolhimento dos argentinos. Eles tem sido muito solícitos em nos dar as informações necessárias à viagem. As cidades do interior estão com os espaços públicos muito bem cuidados, com praças e ruas arborizadas.

Hoje estamos em General Villegas, uma cidade de cerca de 30 mil habitantes. Amanhã seguimos por mais 800 quilômetros, até Neuquén. No domingo nosso destino é Bariloche, onde devemos encontrar Betina, que nesse momento voa de POA para lá.

Abraços e acompanhem as notícias.

HISTÓRIA RESGATADA
03/01/2011

A Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Picada 48 Baixa vem resgatando, nos últimos anos, seu patrimônio material. Mas, há outro patrimônio de grande importância que é salutar preservarmos: o patrimônio imaterial. Ou seja, nossa história em suas particularidades. Neste sentido, temos a comemorar.

Recebemos da graduanda e membro da Comunidade Cátia Aline Herrmann, um exemplar de seu  Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no Instituto Superior de Educação Ivoti, com o título:  “A Imigração Alemã na Educação de Picada 48 Baixa- Lindolfo Collor/RS – 1845-1941“. A Jovem Cátia descreve muito bem as dificuldades dos pioneiros e seu empenho em levantar uma escola comunitária, dando mostras do quanto valorizavam, ao lado da fé, a educação de seus filhos e filhas.

À Cátia nosso agradecimento por este resgate da história. Ajuda-nos, em muito, para que ricos detalhes não se percam no tempo. Na foto, o Presidente Renato Oto Klein recebendo o exemplar. Cabe lembrar que o trabalho foi aprovado com louvor.

P. Rosemar Ahlert