Archive for maio \30\UTC 2010

Juntos Fazemos a Diferença.
30/05/2010

Com o tema Juntos Fazemos a Diferença ocorreu hoje O Dia Sinodal da Igreja em Caxias. Ainda não temos a informação sobre os números do encontro. Mas, visualmente tinha-se a impressão de que a participação estava muito boa. Fomos informados de que as Comunidades do Sínodo recolheram 44.5 toneladas de material (lixo) reciclável. Na Pregação feita pelo P. Dr. Oneide Bobsin, fomos desafiados a fazermos a diferença, também no cuidado ao ambiente no qual estamos inseridos.

À Caminho de Caxias

Culto comunitário.

Anúncios

ESTAMOS EM GUERRA.
29/05/2010

ESTAMOS EM GUERRA. 

O Estado do Rio Grande do Sul está “em guerra”. O mesmo pode ser dito com relação ao nosso país.

Uma guerra que mata muita gente. As armas são muitas, poderosas, rápidas e mortais. Elas estão por todo lado e são cada vez mais numerosas. Em nosso Estado neste ano, até o dia de hoje (29 de maio) já são 623 mortos e sabe lá quantos feridos graves e leves. 

As perdas são incalculáveis. Pois não se pode calcular  o valor de uma vida humana. As perdas são irreparáveis, pois não se pode repor, devolver à vida, à família a pessoa amada que se foi.

evidentemente estou falando da guerra no trânsito. Os números são absurdos e revelam uma realidade cruel. O automóvel, tão eficaz e tão útil foi transformado em arma. Compra-se um carro com facilidade. Aí é só sentar atrás do volante e acelerar. Parece simples, mas não é. Arriscar-se nas estradas é uma aventura que para muitos termina mal. De quem é a culpa? Ora, normalmente não é do carro. O problema é da peça que está atrás do volante. Verifica-se falta de responsabilidade e de competência.  Ao que parece, parte dos motoristas ao entrarem no carro esquece de tudo: das estatísticas, da prudência, da família, da fragilidade de seu corpo, das estradas mal construídas ou mal conservadas. Por vezes, tenho a impressão de que  regredimos  quando estamos ao volante. Nós que nos  consideramos tão inteligentes e astutos! Esquecemos que um carro em alta velocidade não vai proteger suficientemente em caso de colisão, saída de pista ou similar.Carro não é tanque de guerra. Carro não é arma para matar ou morrer.  Como é difícil para cada família, cada amigo, quando alguém se excede e  fica pelo caminho. Pior, quando alguém é vítima de outro que pensou ser indestrutível ou infalível. É verdade, não somos infalíveis. Podemos errar, esquecer, dar “um cochilo”. Cada um de nós!!  Motorista “perfeito” é aquele que não dirige. Todos(inclusive eu )os outros cometem erros- menores ou maiores. Então que seja em velocidade compatível.  Quando for para a estrada, decida de antemão que deseja voltar. Caso não queira; escolha um barranco. Pelo menos vai só você. Trágico.  É verdade! Mas cada vida inocente  que se perde é imensamente mais trágico.  E, bebida alcoólica e carro,  não combinam. Pense sobre isso 

DIA DA IGREJA
25/05/2010

No domingo- 30.05- todos pra Caxias para o encontro do Dia Sinodal da Igreja. O tema é: Juntos Fazemos a Diferença.  O tema revela,  dentre outras coisas, a preocupação com a questão ambiental. Questão muito séria, pois do jeito que as coisas vão, muitos estão sem água potável e sem terras agricultáveis em poucos décadas.  Mas, o Dia Sinodal da Igreja, nos permitirá muitas outras oportunas reflexões e também muito louvor.  Haverá um ônibus saindo da 48 Baixa, passando pelo Centrinho e com parada no posto Kney. Outro saindo da Capivarinha indo até Sertão (Robinson), passando depois pelas 14 Colônias e Linha Nova Baixa.  Ambos saem às 7 horas.

Boa Viagem!

Lembre de reservar antes. Pra quem quer ir de carro, certamente será bem fácil encontrar o Parque da Festa da Uva em Caxias.  O encontro inicia às 8.30 h. Boa viagem!

Perfeição!?
24/05/2010

Há uma convicção muito clara entre os seres humanos de que Deus seja perfeito. Pode-se depreendê-lo das próprias palavras de Jesus: “Sede perfeitos como é perfeito vosso Pai..” (Mt 5.48).

Portanto, se Deus é perfeito; nunca comete erros! Se ele não erra; a gênese do ser humano não foi um erro. Como, então, Deus se arrependeu de havê-lo criado (Gn 6.6)? Isto é complicado. Deixemos isto de lado!

Se o ser humano não é fruto de um erro de Deus, então foi assim mesmo que o quis fazer: – imperfeito. Portanto: poder-se-ia aventar que não somos imperfeitos por nossa culpa, mas pela vontade de Deus.

Deus, sendo perfeito, poderia ter criado um ser humano perfeito. Se não o fez; foi porque não o quis. Espero que não seja desrespeito imaginar-lhe as razões, mas, por minha imperfeição, me permito supor que Deus não fez o ser humano perfeito para que não ficasse muito previsível e chato. Tipo um robô ou papagaio. Caso o ser humano acertasse sempre e em tudo, não teria graça. Se fizer só aquilo para o que foi programado, a rotina será cansativa. Nem Deus teria com que se preocupar.

Não haveria desafios, nem mudanças e nem surpresas (assim como alguns imaginam o céu). Assim correriam mornos e chatos os dias. Mas, do jeito que está, cada dia há novidades. Especialmente algumas novas barbaridades do ser humano feito  à imagem de Deus. Do jeito que vai não há tempo para o tédio.

Deus ainda não desistiu do ser humano. Talvez porque ainda aguarda que ele faça melhores escolhas. Creio que nisto consiste o problema: nas escolhas. Elas, não raro, são equivocadas. Deus nos concedeu o livre arbítrio (Js 24.15). Será que foi um erro? Aí começaram as preocupações de Deus. Mas quem é o culpado?

Deus nos fez incompletos e imperfeitos nos deu liberdades e nós escolhemos mal. Nem de longe somos íntegros e perfeitos (Tg 1.4) e tão pouco habilitados para toda boa obra (2 Tm 3.17). Talvez o problema resida nisso: não permitimos que o Espírito de Deus ilumine e dirija as nossas vidas. Nos deixamos seduzir por espíritos estranhos.

É possível que Deus nem nos queira assim de todo perfeitos (tanto que nos fez como somos) e certinhos. Quem sabe que, como bom Pai, tolere um pouquinho, na esperança de que escolhamos melhor e construamos um mundo de paz e justiça, deixando-nos transformar pela renovação de nossa mente. Na expectativa de que sejamos mais gratos, sinceros e felizes. Assim,  pelo menos, há um desafio diário a ser vencido. A única “culpa” que podemos empurrar para Deus é que nos deixou fazer escolhas. O resto é conosco

Reflitamos um pouco sobre isso.

Rosemar Ahlert.

PENTECOSTES
24/05/2010

Clima de muita alegria, louvor  e gratidão. Assim foi o culto neste Domingo  de Pentecostes na Comunidade Evangélica de Picada 48 Baixa. Refletimos sobre o tema “gratidão pelas colheitas e pelos frutos do trabalho”, na certeza de que há muitas razões para agradecer. A terra continua produzindo frutos depois de quase dois séculos de colonização. Deus tem abençoado a  semeadura e nossas mãos se enchem dos frutos de sua generosidade.  Neste culto, além de toda a simbologia da Festa da Colheita, também houve espaço para abençoar aqueles que fizeram sua confirmação de fé a 5, 25 ou 50 anos.

Comunidade em Culto

Homenageados- 5 anos

25 anos

Grupo de homenageados

Festa Colheita/Pentecostes
22/05/2010

A Festa da Colheita é a festa das primícias, da sega, uma festa que fala da prosperidade, da colheita daquilo que foi semeado. Ao iniciar a colheita do cereal eram feitas entregas das chamadas primícias, ou a entrega dos primeiros frutos (Ex 23:16). A festa da colheita, tem sua origem nas tradições rurais do Antigo Testamento.

A Festa passou também a ser chamada de Festa de Pentecostes, porque é realizada 50 dias depois da Páscoa, que é, originariamente,  a festa que celebra a saída da escravidão do Egito.   Hoje os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus no domingo da Páscoa.

Ao ascender aos céus, Jesus ordenou que os discípulos ficassem em Jerusalém até que do alto fossem revestidos de poder (Atos 1:8). Exatamente na Festa da Colheita, quando os discípulos estavam reunidos no Cenáculo, veio sobre eles um vento impetuoso e línguas como labaredas de fogo e eles receberam o Espírito Santo.  Então, na visão neo-testamentária, Pentecoste é a vinda do Espírito Santo.

  Seguindo esta tradição, celebramos, neste domingo de pentecostes, 23 de maio, o acolhimento do Espírito Santo e a Festa  da Colheita.

HOMENAGENS
19/05/2010

No domingo de Pentecostes queremos homenagear em nossa Comunidade aqueles e aquelas que Confirmaram sua fé a 5, 25 ou 50 anos.  Normalmente esta homenagem é feita em culto do mês de novembro. Neste ano, no entanto, em virtude da grande festa pelos 160 anos de nosso templo em 24 de outubro, o evento será já em maio. Veja a lista dos confirmandos de 2005, 1985 e 1960. Sabemos que, lamentavelmente, algumas pessoas já são falecidas:

5- Anos  (13.10.2005):

  1. Lukas Kney Bauer
  2. Gisele Klein Kellermann
  3. Vanice Schmitzhaus Franzmann
  4. Joice Gaelzer
  5. Daiane Dieter
  6. Maikel J. Becker
  7. Ezequiel Rodrigo Priebe
  8. Cristian Felipe Metz
  9.  Roniel Ludwig
  10.  Elisangela Engel
  11.  Marciel Staggemeier
  12. Suane Krug 

25 Anos- 13.10.1985

1-Jairo Hugo Metz

2-Nilson Petry

3-Adriana Sander

4-Lisete Holdefer

5-Roseli Bauermann Krug

6-Marlise Elisemar Petry 

7-Leonir Airton Bender 

8-Alexandre Hilberto Bauermann

9-Leonardo Lamb

10-Claudia Feilstrecker

11-Pedro Heller

12-Angelo Klein

13-André Krug

14-Adriano Kney 

 50 Anos-11.12.1960

1-Irena Blauth

2-Neiva Vilma Trein

3-Marlene Heinle

4-Helena Weber

5-Dulce Irma Prass

6- Liria Leni Borba

7-Hedy Anna Prass

8- Isolmi Elvanger

9-Lurdes Pilger .

10- Remi Erni Krug

11- Danilo Klein

12-Guinter Krug

13-Edwino Erno Feilstrecker

14-Nelson Carlos Ebling

15- Darcy Metz

16- Ivan Molter

17-Waldi Petry

Falecimento
19/05/2010

A Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Picada 48 Baixa, comunica com pesar o falecimento de seu membro DANILO DIETRICH, ontem ocorrido aos 57 anos, no seu domicilio na localidade de Sertão Capivara, Portão/RS.  O sepultamento se dará no dia de hoje (19.05) no cemitério da Comunidade.  A celebração de despedida será as 16 horas na Capela Mortuária da própria Comunidade. Estrada Geral 48 Baixa, 4052, Lindolfo Collor/RS.

Festa da Colheita
17/05/2010

Neste próximo domingo (Pentecostes -23.05) as famílias da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Picada 48 Baixa terão uma oportunidade para demonstrarem sua gratidão a Deus pelos Frutos da Colheita e do Trabalho. Falamos do Culto de Ação de Graças que será celebrado em nosso Templo as 9 horas. Renovamos o convite a você e sua família.

P. Rosemar

Culto Festa Colheita 2009, Frutos da terra

FALECIMENTO
16/05/2010

Com pesar a Comunidade Evangélica de Confissão Luterana de Picada 48 Baixa, comunica o falecimento de seu membro mais idoso, a Sra.  LYDIA GEHM (93 anos), hoje ocorrido em Estância Velha. Lydia será velada na Capela Mortuária daquela cidade e será sepultada amanhã, 17.05, ás 9.30h no cemitério da Picada 48 Baixa.